segunda-feira, 23 de maio de 2011

Facilmente se começa a guerra e com dificuldade se acaba.

Pensamento do dia: Salústio
_____________________________________________________
Leitura Bíblica do dia: Hebreus 11.23-29

Perseverou porque via aquele que é invisível (Hb 11.27b).
_____________________________________________________

Ver o Invisível

Com paciência e fé, Moisés andou como pastor de ovelhas por quarenta nos no deserto do Sinai porque tinha o invisível na memória. Suportou reclamações e resistências à frente de um povo rebelde porque seus olhos haviam contemplado o invisível. Em derredor e à distância havia areias escaldantes do deserto e privações, mas Moisés enxergava uma nuvem de dia e um facho de luz à noite a revelar a Glória de Deus. Qual era o segredo de Ester, a judia que se tornou rainha de império pagão, quando enfrentou seus opositores? Era a visão do Invisível.
O apóstolo Paulo, na cela de uma prisão romana, não sentia as correntes que o magoavam, mas contemplava a coroa da vida e disse: "Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé. Agora me está reservada a coroa da justiça, que o senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda" (2Tm 4.7,8).
De igual modo como podia Agostinho, no século obscuro em que viveu, ter visto a cidade de Deus? É porque, à semelhança de Moisés, também via o Invisível.
Como podia João Bunyan sonhar numa cela escura com um lindo palácio e uma cidade celestial, e depositar esse sonho nas páginas consoladoras da sua obra "O Peregrino"? Muros e paredes de prisões não podem ocultar as visões do Invisível.
Diante de tudo isso, qual é a visão que norteia a sua vida e seus propósitos? Para alguns é uma boa educação, com possibilidade de prosperidade e riqueza; para outros, um casamento bem sucedido ou mesmo um bom emprego que garanta sua estabilidade. Contudo a vida que vale a pena ser vivida e com propósito, é a vida centrada no Deus invisível.

Senhor, abre os meus olhos espirituais para que possa ver também o Deus Invisível.

_____________________________________________________

Reflexão

Obrigado, Senhor, pela vida que me destes. Quero louvar-te e agradecer-te percorrendo sempre o caminho do bem, procurando viver em harmonia com tua vontade, fazendo sempre aquilo que é do teu agrado.

Frei Anselmo Fracasso, OFM
______________________________________________________
Leituras Recomendadas: At 14,19-28 / Sl 144 / Jo 14,27-31a

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário